CORROSÃO DA ARMADURA EM ESTRUTURAS DE CONCRETO


A patologia de corrosão da armadura detectadas em estruturas de concreto armado ( lajes, parede estrutural, pilares e vigas), é um processo eletroquímico que provoca a degradação (oxidação) do aço no concreto. Os fatores que afetam este fenômeno estão associados essencialmente ás características do concreto, ao meio ambiente e à disposição das armaduras nos componentes estruturais afetados.

Resumidamente: o fenômeno da corrosão que ocorre no aço presente das estruturas de concreto , o minério de ferro que é uma rocha encontrada na natureza na forma de óxidos como a magnetita Fe3O4 ou a hematita Fe2O3, (temos também a Siderita, Limonita e Pirita). Este minério está na sua forma estável, isto é com todos os elétrons da ultima camada do átomo (aprendemos isso com Linus Pauling), formando uma ligação iônica do ferro que é metal com o oxigênio não metal. Ao passar pelo processo (siderúrgico) para obtermos o ferro metálico passa para sua forma instável (perde oxigênio nesse processo), e sempre esta precisando de elétrons na ultima camada do átomo para se estabilizar.

Nessa condição instável e em contato com o oxigênio presente na água e no ar se oxida e desta reação resulta a ferrugem o ferro tende a retornar a sua forma estável:

Fe(s) → Fe2+ + 2e- (oxidação do ferro)

O2 + 2H2O + 4e- → 4OH- (redução do oxigênio)

2Fe + O2 + 2H2O → 2Fe(OH)2 (equação geral da formação da ferrugem)

O Fe(OH)2 (hidróxido de ferro II) é oxidado a Fe(OH)3 (hidróxido de ferro III), que é muitas vezes representado por Fe2O3 . 3H2O.

Os danos causados e a expansão pela corrosão de armaduras geralmente manifestam-se através de fissuras no concreto paralelas à direção do reforço, delaminação e/ou lascamentos do cobrimento. Armaduras de aço no concreto durante o processo de corrosão podem se expandir em até 6 vezes o seu diâmetro.

Em componentes estruturais que apresentam um elevado teor de umidade/infiltração, os primeiros sintomas de corrosão evidenciam-se por meio de manchas de oxido na superfície do concreto.

Na inspeção de estruturas e com a realização de ensaios específicos para identificação de prognóstico, causa e alternativa de reparação em estruturas de concreto com essas anomalias.

É de suma importância para garantir a solidez e segurança das estruturas que inspeções em áreas: industriais, prediais, centros de distribuição, pontes, viadutos, pier´s e demais obras edificantes sejam realizadas anualmente para que seja detectada e caracteriz

ada essa anomalia grave.

Detalhes e duvidas: gestaodenegocios@petraconsultoria.com.br

#PRFV #plasticoreforçadoemfibradevidro #Vergalhões

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square